Atirador mata 8 e se suicida nos EUA

Funcionários da empresa e parentes das vítimas
Image caption Os tiros foram disparados pela manhã na hora da troca de turnos

Um funcionário de uma distribuidora de bebidas na cidade americana de Manchester, no Estado de Connecticut, abriu fogo contra seus colegas na manhã desta terça-feira, matando oito pessoas e deixando pelo menos dois feridos.

Segundo a polícia, logo após o ataque, o atirador se suicidou.

A imprensa local diz que o homem, de 34 anos, trabalhava como motorista na Hartford Distributors e teria cometido o ataque após ter sido convocado para uma audiência disciplinar, que poderia levar a sua demissão.

"Nove indivíduos, incluindo o suspeito, foram mortos nesse tiroteio", disse um comunicado do Departamento de Polícia de Manchester.

Identificação

A polícia ainda trabalha na identificação das vítimas.

"No momento, nós estamos no processo de tentar identificar as vítimas e notificar membros das famílias", diz a nota.

O tiroteio ocorreu no horário da troca de turno dos funcionários, pouco antes das 7h30 no horário local (8h30 no Brasil).

Segundo testemunhas ouvidas pela imprensa local, mais de 50 pessoas, entre motoristas, vendedores e executivos, estavam no depósito de bebidas no momento do ataque.

Em um comunicado, a governadora de Connecticut, Jodi Rell, disse que o ataque foi um ato de violência "sem sentido".