Ameaça falsa de bomba força evacuação de santuário de Lourdes

Milhares de peregrinos católicos foram retirados neste domingo de locais sagrados do santuário de Lourdes, na França, após uma ameaça de bomba, que depois se provou falsa.

Cerca de 30 mil fieis estavam na cidade para celebrar a Festa da Ascenção da Virgem, que se celebra anualmente.

A cidade de Lourdes, nos pirineus franceses, é famosa pelo que muitos católicos acreditam ter sido uma aparição da Virgem Maria para uma menina em 1858.

O santuário de Lourdes recebe a visita de cerca de 6 milhões de fieis todos os anos.

Segundo a mídia francesa, uma delegacia local recebeu um aviso de que quatro bombas explodiriam por volta das 15h (10h de Brasília) nos santuários.

Segundo responsáveis pelo local, a retirada dos fieis do local foi feita sem correria.

Uma varredura feita pela polícia, com a ajuda de cães farejadores, não encontrou vestígios de bomba no local e os santuários foram reabertos ao público.