Sudão quer criar cidades com formato de animais e frutas

Planta da cidade de Wau, em formato de girafa
Image caption As formas escolhidas representam símbolos presentes nas bandeiras da região sul do Sudão

As autoridades na região sul do Sudão anunciaram um plano avaliado em torno de US$ 10 bilhões para a reconstrução de várias cidades com formatos de animais e frutas.

Projetos elaborados detalhando como serão as cidades já foram desenhados.

A capital regional, Juba, será reconstruída em outro local e terá o formato de um rinoceronte.

Wau, capital do Estado de Bahr el-Ghazal, no oeste do país, terá a forma de uma girafa.

Em Juba, o escritório do presidente regional será situado no ponto onde ficaria o olho do rinoceronte.

Em Wau, a estação de tratamento do esgoto da cidade está situada, apropriadamente, sob a cauda da girafa.

Há relatos de que a cidade de Yambio terá o formato de um abacaxi.

A escolha dos formatos não é totalmente aleatórea - eles correspondem aos símbolos que aparecem nas bandeiras dos estados do sul do Sudão.

Mas não está claro de que forma as autoridades pretendem arrecadar os US$ 10 bilhões necessários para tornar esse plano uma realidade.

Elas dizem que estão conversando com investidores, mas tudo é ainda um pouco vago.

Embora exista petróleo em abundância no sul do Sudão, a população é extremamente pobre.

Segundo a ONU, mais de 90% do povo da região sobrevive com menos de US$ 1 por dia.

Os planos para as novas cidades refletem, talvez, o otimismo em relação a um possível Sudão do Sul independente.

Resta saber se deixarão, ou não, a prancheta do arquiteto para se tornar realidade um dia.

Notícias relacionadas

Links de internet relacionados

A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos de internet