Esporte

Futuro estádio do Corinthians é anunciado para abrir Copa 2014

Logo da Copa do Mundo de 2014

Decisão pode pôr fim a impasse sobre local da abertura da Copa

A Copa do Mundo de futebol de 2014, que acontecerá no Brasil, poderá ter sua abertura no futuro estádio que o Corinthians pretende construir em Itaquera, em São Paulo, segundo anunciaram a prefeitura, o governo estadual e a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) em um comunicado conjunto.

Segundo a nota, a decisão foi tomada após uma reunião na tarde desta sexta-feira entre o governador de São Paulo, Alberto Goldman, o prefeito da capital, Gilberto Kassab, o coordenador do Comitê Organizador Paulista da Copa 2014, Francisco Vidal Luna, e o presidente da CBF, Ricardo Teixeira.

A decisão supostamente põe fim a um impasse de meses sobre qual arena paulistana abrigaria a abertura da Copa ou mesmo sobre se a capital paulista perderia o privilégio de abrir a competição.

O projeto inicial previa o uso do estádio do Morumbi, pertencente ao São Paulo Futebol Clube, para a abertura, mas desentendimentos em relação aos custos e ao financiamento das obras de reforma necessárias inviabilizaram a proposta.

Ideias

Outras ideias chegaram a ser estudadas, como a construção de um novo estádio pelo governo do Estado em Pirituba, na zona oeste de São Paulo, ou a reforma do estádio municipal do Pacaembu (centro-oeste).

Segundo o comunicado conjunto, “apesar de todos os esforços, não foi possível viabilizar a construção de um estádio para a Copa 2014 no complexo de eventos e feiras que será construído em Pirituba”.

O documento afirma que o presidente da CBF sugeriu então ao prefeito e ao governador que a abertura da Copa fosse realizada no estádio que o Corinthians pretende erguer no local onde hoje está seu centro de treinamento, em Itaquera (zona leste da capital).

“Goldman e Kassab reiteraram a disposição de proporcionar o apoio necessário para que São Paulo possa receber a abertura da Copa do Mundo”, diz o comunicado.

Segundo o texto, o governo e a prefeitura “reafirmaram a decisão de não aplicar recursos públicos para a construção de estádios”.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.