Acidente de helicóptero mata dez militares na Venezuela

Helicóptero da Venezuela (arquivo)
Image caption Apesar da queda do helicóptero, os narcotraficantes foram capturados

Dez militares venezuelanos morreram na queda de um helicóptero, no estado de Apure, fronteira com a Colômbia, onde realizavam uma operação antidrogas.

O comandante geral da Guarda Nacional Bolivariana, Luis Motta, informou neste sábado que o acidente ocorreu na tarde da sexta-feira quando os militares, a bordo do helicóptero russo MIM-17, auxiliavam nas buscas de um grupo de narcotraficantes na região fronteiriça.

"Após deixar em terra uma patrulha militar, o helicóptero sofreu o acidente quando decolava", afimou Motta ao canal estatal VTV.

"Morreram três oficiais e sete soldados da Guarda Nacional", acrescentou.

Motta disse que apesar do acidente, os narcotraficantes foram capturados.

A porosidade da fronteira binacional tem ocasionado conflitos frequentes entre os vizinhos.

A acusação do governo do então presidente colombiano Álvaro Uribe sobre a suposta presença de acampamentos guerrilheiros na Venezuela foi o pivô da crise que levou à ruptura de relações diplomáticas entre Caracas e Bogotá, em julho.

O aumento da segurança na extensa fronteira de mais de 2 mil quilômetros entre Venezuela e Colômbia passou a ser prioridade entre os governos do colombiano Juan Manuel Santos e do venezuelano Hugo Chávez, que restabeleceram relações diplomáticas no início do mês.

Há pouco mais de uma semana os dois governos chegaram a um acordo para estabelecer "canais permanente" de comunicação entre os ministérios de Defesa para combater o fluxo de narcotraficantes, guerrilheiros e paramilitares na fronteira entre os dois países.

Notícias relacionadas