Austrália elege primeiro deputado aborígene

Ken Wyatt
Image caption Ken Wyatt se disse deapontado com mensagens racistas que recebeu

A recontagem dos votos das eleições gerais na Austrália confirmaram neste domingo a eleição do primeiro deputado de origem aborígene na história do país.

Ken Wyatt, de 57 anos, é um especialista em saúde dos aborígenes. Ele foi eleito para um assento representando Hasluck, no oeste da Austrália, pelo Partido Liberal (centro-direita).

“Daqui a 50 anos, os historiadores e as pessoas estarão analisando por que Hasluck escolheu um candidato indígena, e o que eles vão descobrir é que eles não escolheram um candidato indígena porque eu era indígena”, afirmou Wyatt após a confirmação de sua eleição.

“Eles escolheram uma pessoa a quem acreditam que vai representar os interesses de todo mundo em Hasluck”, disse.

Wyatt se disse desapontado com as mensagens racistas que recebeu de pessoas que disseram que não teriam votado nele se soubessem que ele era aborígene.

“Enfrentei isso por toda a minha vida, crescendo como aborígene nos anos 1960, 1970 e 1980”, disse ele.

“Vamos deixar isso para trás. O que é mais importante é a maneira pela qual avançaremos com a Austrália, o pensamento que temos e a sociedade que construimos”, afirmou.

Impasse

Nem o Partido Liberal nem o Partido Trabalhista, atualmente no governo, conseguiram a maioria absoluta do Parlamento nas eleições da semana passada, e ainda negociam com independentes a formação de um novo governo.

O Partido Liberal elegeu 73 deputados nas eleições no dia 21 de agosto, enquanto o Partido Trabalhista garantiu 72.

Candidatos independentes ganharam quatro assentos, e o Partido Verde elegeu um deputado. São necessários 76 deputados para a maioria absoluta.