México anuncia prisão de um dos traficantes mais procurados do país

Foto liberada pela polícia mexicana mostra Édgar Valdez após sua prisão (AFP, 30 de agosto)
Image caption EUA ofereciam US$ 2 mi por informações sobre Valdez

O governo do México anunciou na noite desta segunda-feira a prisão de Édgar Valdez Villareal, também conhecido como ‘Barbie’, um dos traficantes de drogas mais procurados do país.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública mexicana, a prisão ocorreu no Estado de México, no centro do país, após um trabalho de inteligência que teve início em junho do ano passado.

Valdez teria ligações com o poderoso cartel de Beltrán Leyva e estaria disputando o controle da organização com Hector Beltrán Leyva.

Conhecido por sua violência, ele é acusado de distribuir milhares de quilos de cocaína no leste dos Estados Unidos entre 2004 e 2006.

O governo dos Estados Unidos estava oferecendo uma recompensa de US$ 2 milhões por informações que levassem à sua captura.

‘Barbie’

Segundo Inma Gil, repórter da BBC no México, Valdez nasceu no Estado americano do Texas e já teve ligações com o cartel de Sinaloa.

Sua pele clara e os olhos azuis fizeram com que recebesse o apelido de ‘Barbie’.

A prisão de Valdez deve ser encarada no país como mais um sucesso do governo do presidente Felipe Calderón em sua luta contra o narcotráfico.

Quando assumiu a Presidência, em dezembro de 2006, Calderón prometeu empreender uma guerra contra os cartéis de drogas.

Desde então, cerca de 25 mil pessoas morreram devido à violência relacionada ao tráfico.

Nesta segunda-feira, a Polícia Federal do México anunciou que cerca 3,2 mil policiais – 10% de seu efetivo – foram afastados neste ano por suspeitas de corrupção, incompetência ou ligações com criminosos.

Leia também na BBC Brasil: México demite 10% de seus policiais por corrupção ou ligação com cartéis

Notícias relacionadas