Perfuração de túnel é retomada e já atinge 30 metros no Chile

Mineiros com camisas vermelhas
Image caption Mineiros pareciam mais animados e em melhor forma em novo vídeo

As equipes que estão trabalhando na perfuração do túnel para resgatar os 33 mineiros soterrados em uma mina no Chile retomaram os trabalhos na noite de quarta-feira.

A máquina Strata 950, que está sendo usada na escavação, deparou-se com algumas falhas geológicas nos primeiros 20 metros perfurados.

"Estas são falhas menores e não supõem um problema porque podem ser tratadas adequadamente", disse o especialista André Sougarret ao site chileno La Tercera.

Segundo o site, a perfuração foi retomada às 21h30 de quarta-feira (22h30 no horário de Brasília) e o túnel já tem agora 30 metros de profundidade. Os mineiros encontram-se a 700 metros de profundidade. Especialistas dizem que a máquina tem capacidade para perfurar até 30 metros por dia. No entanto, toda a operação de resgate, que começou na segunda-feira, deve demorar de três a quatro meses.

Prazo

Na quarta-feira, o presidente do Chile, Sebastian Piñera, disse que os 33 mineiros deverão ser resgatados até o Natal. Especialistas acreditam que os mineiros podem ser resgatados antes deste prazo.

Image caption Mineiros comeram na quarta o primeiro prato quente em 26 dias

Os especialistas alertam que a falha geológica encontrada na perfuração já era esperada, e que outras do mesmo tipo devem ocorrer ao longo dos primeiros 100 metros de perfuração. Por isso, todo o trabalho de escavação será lento.

Na quarta-feira, os mineiros comeram o primeiro prato quente em 26 dias. Eles receberam almôndegas e arroz pelo estreito túnel usado para comunicação com a superfície.

Imagens divulgadas na terça-feira mostraram que os mineiros estavam mais animados e em melhor forma, todos usando novas camisetas vermelhas que receberam do exterior.

O ministro da Saúde do Chile, Jaime Mañalich, afirmou que, com o apoio de uma equipe de especialistas da agência espacial americana Nasa, os 33 mineiros soterrados há quase um mês terão uma simulação de dia e noite com luzes artificiais.

"Eles (da Nasa) vão enviar (aos mineiros) equipamentos, mecanismos de energia, lâmpadas de LED, eles calcularam exatamente qual é a intensidade da luz em cada parte da mina", disse o ministro.

O ministro disse que "o mais importante que estamos fazendo neste momento, do ponto de vista psicológico, é simular condições de dia, noite, separar o espaço onde moram em áreas (...) e isto já foi conseguido".

Como será feito o resgate dos mineiros

Notícias relacionadas