Guatemala decreta estado de emergência devido a chuvas

Ônibus soterrado na Guatemala
Image caption Pelo menos dez pessoas morreram soterradas dentro de ônibus

O governo da Guatemala declarou estado de emergência na noite de sábado devido às fortes chuvas que provocaram deslizamentos e pelo menos 20 mortes no país.

Os serviços de meteorologia preveem mais chuvas para as próximas 48 horas no país.

Um deslizamento de terra soterrou um ônibus, matando dez pessoas. O ônibus viajava pela estrada interamericana, uma das principais vias de acesso à Cidade de Guatemala, capital do país.

As equipes de resgate conseguiram salvar 20 pessoas que estavam soterradas. Mais de cem quilômetros da rodovia foram fechados devido aos deslizamentos.

Na região de Quetzaltenango, no oeste do país, todos os quatro integrantes de uma família morreram devido a um deslizamento.

O presidente da Guatemala, Álvaro Colom, disse que as chuvas arrasaram com o trabalho de reconstrução do país, que se recuperava de uma tempestade tropical em maio. Na ocasião, 165 pessoas haviam morrido.

O presidente pediu que o Congresso do país aprove a liberação de recursos emergenciais para reconstrução. Ele quer instituir um novo imposto especial para ajudar a reconstruir as áreas destruídas.

Uma ponte na estrada interamericana que havia sido reconstruída foi novamente arrasada por enchentes. Com isso, a principal via de ligação com o sudoeste do país foi bloqueada.

O presidente da Guatemala estima que o prejuízo com as enchentes chega a US$ 500 milhões.

Notícias relacionadas