Inflação fecha em 0,04% e fica no centro da meta do governo

O IPCA, índice de inflação oficial do governo, fechou o mês de agosto em 0,04%, de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira pelo IBGE.

No acumulado dos últimos 12 meses, a taxa chegou a 4,49%, praticamente no centro da meta do governo para o ano (4,5%). No acumulado do ano, o índice é de 3,14%.

A inflação de agosto ficou um pouco acima da de julho, que fechou em 0,01%, mas teve uma queda em relação a agosto de 2009, quando ficou em 0,15%.

Com alta de 2,11%, o setor de carnes foi o que mais contribuiu para a inflação oficial de agosto, com 0,05 ponto percentual.

Já o grupo Educação, devido à volta às aulas, foi o que registrou maior variação no período, passando de -0,03% em julho para 0,44% em agosto.

Ata do Copom

Também nesta quinta-feira, o Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) divulgou a ata da reunião finalizada no último dia 1º.

No documento, o comitê reduz as projeções de inflação para 2010 e 2011, o que justificou a manutenção da taxa básica de juros (Selic) em 10,75% ao ano.

O BC afirma que a pressão inflacionária diminuiu após o fim dos estímulos criados para estimular a economia nos últimos dois anos.