Avião faz pouso de emergência na Rússia com 81 a bordo

Tupolev 154/imagem de arquivo
Image caption O Tupolev TU 154 carregava 72 passageiros e nove tripulantes

Todos os 81 passageiros e tripulantes de um avião russo escaparam ilesos após a aeronave ter sido forçada a realizar um pouso de emergência na Sibéria.

O pouso, na terça-feira, foi considerado "miraculoso" pela imprensa russa.

O Tupolev TU 154 perdeu seus motores e a capacidade de se comunicar por rádio quando estava a mais de 10 km de altitude.

Os pilotos, que faziam o percurso entre a cidade de Polyarny, no Ártico, e Moscou, decidiram levar o avião para uma pista militar abandonada no vilarejo de Izhma, no noroeste da Rússia.

Após tentar planar para perder altitude de forma gradual, os pilotos conseguiram aterrissar na pista projetada para helicópteros, que possui apenas 1,2 km de asfalto.

A aeronave ultrapassou o asfalto por apenas 200 m, chocando-se com uma floresta próxima.

"Após sua parte elétrica ter falhado, a tripulação foi forçada a aterrissar o avião manualmente", disseram autoridades russas por meio de um comunicado.

A imprensa russa relata que ninguém a bordo ficou ferido.

A agência de notícias russa Itar-Tass afirmou que todos os passageiros voaram na quarta-feira até Moscou, exceto um casal, que preferiu realizar de trem a viagem de cerca de 1,5 mil km.

Notícias relacionadas