Venezuela

Ao menos 15 morrem em queda de avião na Venezuela

Imagem de TV venezuelana mostra avião acidentado no país

Avião caiu no sul da Venezuela cerca de 12 minutos após decolar

Um avião da companhia estatal venezuelana Conviasa com 51 pessoas a bordo caiu no sul da Venezuela nesta segunda-feira.

De acordo com autoridades, 36 pessoas sobreviveram e foram levadas a hospitais locais. Outros 15 passageiros morreram.

"Lamentamos profundamente um acidente desta magnitude", afirmou Francisco Rangel Gómez, governador do Estado de Bolívar, ressaltando, no entanto, o grande número de pessoas "resgatadas com vida e que estão sendo atendidas".

Dos sobreviventes, ao menos nove estão "fora de perigo", informou o médico César Medina, da clínica ChileMex, para onde um grupo de vítimas foi levado.

A direção da clínica Unare afirmou à BBC Brasil que o estado de saúde de seis passageiros que ingressaram ali é "estável".

Incêndio

O ministro de Transporte e Comunicações, Francisco Garcés, informou que a aeronave caiu às 9h30 (11h em Brasília), 12 minutos após decolar do aeroporto de Ciudad Guayana, fronteira com o Brasil, com destino ao balneário turístico de Isla Margarita, no Caribe venezuelano.

A bordo viajavam 47 passageiros e quatro tripulantes.

A aeronave caiu próximo à cidade de Puerto Ordaz, em um dos pátios da principal siderúrgica do país, Sidor, fator que teria "facilitado o resgate" dos passageiros, de acordo com o governador de Bolívar.

Segundo ele, um dos trabalhadores da siderúrgica teria entrado no avião para resgatar os passageiros antes mesmo da chegada dos bombeiros e médicos.

O operário teve que ser hospitalizado logo depois devido a uma intoxicação provocada pela fumaça do avião, que chegou a pegar fogo. O incêndio foi controlado rapidamente pelos bombeiros.

Segundo autoridades, o piloto havia informado à torre de controle do aeroporto sobre problemas técnicos com a aeronave. As causas do acidente ainda serão investigadas.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.