Eleições 2010

Dilma se diz 'guerreira' e vê 2º turno como chance de 'detalhar propostas'

A candidata do PT, Dilma Rousseff, durante pronunciamento na noite deste domingo (Reuters)

Candidata acompanhou apuração junto com o presidente Lula

A candidata do PT ao Palácio do Planalto, Dilma Rousseff, disse na noite deste domingo que sua base de apoio é “guerreira” e que o segundo turno das eleições presidenciais será uma oportunidade para “detalhar ainda mais” suas propostas.

“Nós somos bastante guerreiros, somos acostumados a desafios e somos de chegada”, disse a ex-ministra-chefe da Casa Civil, após o encerramento da apuração.

Segundo Dilma, o PT tem tido um “tradicional bom desempenho” no segundo turno e irá encarar essa segunda fase das eleições “com muita garra e muita energia”.

“Vou ter a oportunidade de detalhar ainda mais minhas propostas, tanto de erradicação da miséria quanto de desenvolvimento do país, assegurando taxas elevadas de crescimento”, disse.

Expectativa

A candidata acompanhou a apuração dos votos no Palácio da Alvorada, ao lado do presidente Luiz Inácio de Lula da Silva e de diversos interlocutores, como o ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci.

Durante toda a tarde deste domingo, expectativa do grupo próximo à ex-ministra era de uma vitória ainda no primeiro turno.

A avaliação, segundo um político da base de apoio, é de que Dilma Rousseff acabou perdendo votos na reta final não apenas em função do crescimento de Marina Silva (PV), mas também pelo movimento de evangélicos, contrários ao aborto e que não teriam visto na candidata petista uma aliada nesse quesito.

Durante seu pronunciamento à imprensa, Dilma Rousseff disse ainda que o Brasil é uma das maiores democracias do mundo e tem demonstrado uma “imensa capacidade de conviver com os processos do contraditório”.

“Temos tido essa capacidade, uma convivência harmônica, mesmo que baseada em divergências e em processos de discussão”, disse.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.