Ásia

Bebê indonésio é resgatado três dias após tsunami

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

Um bebê de 18 meses foi encontrado com vida na remota ilha de Pagai Utara, na Indonésia, três dias após a passagem do tsunami que provocou devastação na região.

O bebê, que nesta sexta-feira continuava internado em uma clínica local, foi encontrado na quarta-feira por um menino de 10 anos dentro de um cano de escoamento. Os pais do bebê morreram.

As autoridades indonésias já confirmaram a morte de mais de 400 pessoas, mas ainda há mais de 300 desaparecidos, e muitos corpos ainda vêm sendo encontrados nas regiões costeiras.

O tsunami da segunda-feira foi provocado por um terremoto de magnitude 7,7 com epicentro no Oceano Índico.

As buscas pelos desaparecidos vêm sendo prejudicadas pelo mau tempo na região, com fortes chuvas e ondas grandes que tornam difícil o trabalho de rastreamento.

O governo indonésio prometeu milhões de dólares em ajuda para as famílias atingidas pelo tsunami, mas agências humanitárias dizem que muitas pessoas nas ilhas afetadas, a oeste da costa de Sumatra, ainda necessitam urgentemente de alimentos e abrigo.

Equipes humanitárias planejam levar ajuda por via aérea para as áreas remotas, mas teme-se que não haja helicópteros suficientes na região para a tarefa.

A Indonésia também está sofrendo com a devastação causada pela erupção do vulcão Merapi, na região central de Java, que deixou mais de 30 mortos na terça-feira.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.