Petista é eleito governador do DF; tucano vence disputa em Goiás

Petista derrotou Weslian Roriz, do PSC. Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Image caption Agnelo Queiroz é eleito governador do Distrito Federal

Sete novos governadores - de Goiás, Pará, Paraíba, Piauí, Rondônia, Amapá e do Distrito Federal - já estão eleitos neste domingo, com a realização do segundo turno das eleições estaduais.

No Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT) derrotou Weslian Roriz (PSC). Com 100% dos votos apurados, o governador eleito tinha 66,1%, contra 33,9% da adversária.

Em Goiás, a vitória é de Marconi Perillo (PSDB). O tucano tem 52,99% dos votos, contra 47,01% do ex-governador Iris Rezende (PMDB), com 100% das urnas apuradas.

No Pará, Simão Jatene (PSDB) é o novo governador: com 92,72% das urnas apuradas, ele tem 56,2% dos votos, contra 43,8% de Ana Júlia Carepa (PT), que tentava a reeleição.

Já a Paraíba elegeu Ricardo Coutinho (PSB). Com 98,69% das urnas finalizadas, ele tem 53,66% dos votos. Zé Maranhão (PMDB), que tentava a reeleição, tem 46,34%.

No Amapá, com 98,16% das urnas apuradas, Camilo Capiberibe (PSB) foi eleito governador com 53,68%, contra 46,32% de Lucas Barreto (PTB).

Em Rondônia, Confúcio Moura (PMDB) foi eleito governador. Com 89,53% das urnas apuradas, ele tem 58,96% dos votos, contra 41,04% de João Cahulla (PPS).

O governador do Piauí, Wilson Martins (PSB), foi reeleito com 58,19% dos votos, contra 41,81% de Silvio Mendes (PSDB). Já foram apurados 89,98% das urnas.

O governador Teotônio Vilela Filho (PSDB) lidera o segundo turno em Alagoas. Ele tem 52,81% dos votos, contra 47,19% de Ronaldo Lessa (PDT), com 87,02% das urnas apuradas.

O segundo turno em Roraima tem Anchieta Júnior (PSDB) na frente, com 50,49% dos votos. Neudo Campos (PP) aparece com 49,51% dos votos, com 93,92% das urnas apuradas.

Notícias relacionadas