Avião com 68 a bordo cai em Cuba; não há sobreviventes

Local da queda do avião
Image caption Testemunhas disseram que avião se transformou em 'bola de fogo'

Um avião de passageiros com 68 pessoas a bordo caiu na tarde desta quinta-feira no centro de Cuba. Segundo informações de um site oficial do governo de Cuba, não há sobreviventes.

O avião, um ATR-72 de fabricação francesa e operado pela companhia estatal Aerocaribbean, havia saído de Porto Príncipe, no Haiti, e viajava para a capital de Cuba, Havana, após fazer uma escala em Santiago de Cuba.

Entre os passageiros havia 28 estrangeiros – nove argentinos, sete mexicanos, três holandeses, dois alemães, dois austríacos, um francês, um italiano, um espanhol, um venezuelano e um japonês.

Não há ainda informações sobre a causa do acidente. O piloto contatou a torre de controle para relatar uma emergência às 17h42 (20h42 de Brasília) antes da perda do contato com a aeronave.

'Bola de fogo'

Segundo a mídia cubana, as equipes de resgate de emergência tiveram que usar escavadeiras para abrir caminho entre a vegetação espessa para poder chegar ao local da queda.

Uma testemunha disse que a fuselagem do avião se transformou em “uma bola de fogo no meio da montanha”.

Segundo a mídia estatal, uma comissão de investigação foi formada para analisar as causas da queda do avião.

O último acidente aéreo em Cuba ocorreu em 2002, com um avião russo de pequeno porte, o Antonov2, com 16 turistas a bordo, que caiu também no centro do país.