UE investiga gasto de 760 mil euros em show de Elton John

O cantor Elton John
Image caption Valor teria sido gasto para organizar show em setembro de 2009

A Comissão Europeia diz que funcionários italianos gastaram 720 mil euros (R$ 1,7 milhão) de dinheiro da União Europeia para organizar um show do cantor britânico Elton John.

“Estamos questionando a autoridade administradora sobre isso. Queremos saber por que eles acham que isso (a organização do show) se enquadra nas regras”, disse o porta-voz da comissão Ton van Lierop.

Ele disse à BBC que os gastos, promovidos pela autoridade regional de Campânia, sul da Itália, só vieram à tona recentemente. O show era parte do festival Piedigrotta, ocorrido em Nápoles em setembro de 2009.

Mario Borghezio, italiano membro do Parlamento europeu, chamou de “vergonhosa” a despesa.

Segundo Van Lierop, a comissão não sabe quanto do valor foi pago a Elton John.

Projetos culturais podem ser cofinanciados pela comissão e por autoridades regionais na UE, diz ele, “mas queremos saber por que esse show beneficiou a região”.

A investigação é parte de uma auditoria mais ampla em projetos financiados pela UE em Campânia.

Comissões regionais

Os orçamentos de comissões regionais são usados para financiar muitos projetos na UE. As autoridades locais são responsáveis por alocar os fundos quando o projeto custa menos de 50 milhões de euros (R$ 117 milhões), diz Van Lierop.

Um dos organizadores do festival de Piedigrotta, Dario Scalabrini diz que 600 mil euros (R$ 1,4 milhão) provenientes da UE foram gastos no show.

Ele defendeu a despesa, dizendo que foi usada para promover Nápoles e movimentou a economia local.

Se a comissão achar que o dinheiro foi mal gasto, diz Van Lierop, ela pedirá às autoridades italianas que deduzam a quantia do próximo pedido que fizerem para o programa de fundos de Campânia.

Caso não o façam, isso resultará num corte na quantia a ser repassada pela comissão no futuro, segundo ele.

Notícias relacionadas