Com blindados da Marinha, operação policial invade favela do Rio

Já passam de 50 os veículos incendiados no Rio.
Image caption Blindado ocupa a favela de Vila Cruzeiro, na Penha (zona norte)

Uma operação policial realizada nesta quinta-feira ocupa a favela da Vila Cruzeiro, localizada na Penha, zona norte da capital fluminense.

Participam da ação 120 homens do Batalhão de Operações Especiais (Bope), 40 policiais militares do 16º Batalhão (Olaria) e 200 policiais civis. Também são utilizados seis veículos blindados da Marinha (modelo M113) e seis blindados da PM.

Com a operação, homens armados fugiram pela parte de trás da Vila Cruzeiro, indo em direção ao morro do Alemão, segundo a rádio CBN. Um helicóptero da polícia já está sobrevoando o local.

Pelo menos quatro pessoas ficaram feridas com a ação, sendo três moradores e um sargento do 16º BPM, segundo informa a CBN.

O secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, classificou de “histórica” a oferta de ajuda da Marinha, que fornecerá apoio logístico ao Estado com veículos, armamento e munição.

Ataques criminosos

Os ataques no Rio prosseguiram nesta quinta-feira, pelo quinto dia consecutivo.

Pelo menos 54 veículos foram incendiados, incluindo ônibus, caminhões e carros particulares. Os bombeiros atenderam a sete ocorrências de fogo contra veículos.

Desde domingo, os ataques que ocorrem na cidade já deixaram 30 mortos, 11 deles nesta quinta-feira, segundo a CBN. Pelo menos 22 vítimas seriam criminosos mortos em choques com a polícia.

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, 17 escolas e 12 creches foram fechadas nesta quinta-feira, a maioria na zona norte, segundo a Agência Brasil.

Com isso, mais de 12 mil alunos ficaram sem aulas. Outras quatro escolas estaduais tiveram suas atividades suspensas, também na zona norte.

Com os ataques no Rio, o serviço Disque-Denúncia registrou somente nesta quinta-feira 853 ligações, um recorde de denúncias cadastradas em um único dia, de acordo com a Agência Brasil.

Notícias relacionadas