Cultura

Artistas usam o corpo como tela para recriar pinturas

GALERIA DE FOTOS: ANATOMIA DE MUSEU

  • A artista Laura Spector recria obras de arte consagradas no corpo do também artista Chadwick Gray. Na imagem, o quadro "Compartilhando uma dose", do Museu África, na África do Sul. Foto: Caters News
  • Os artistas fotografam o resultado do processo para o projeto "Anatomia de Museu", realizado desde 1995. Na foto, "Neve", do pintor japonês Utagawa Kunisada. Foto: Caters News
  • Gray deve permancer até 15 horas completamente imóvel enquanto é pintado por Spector. Na foto, "Retrato de casamento", da Galeria Nacional de Atenas, na Grécia. Foto: Caters News
  • Os artistas escolhem pinturas nos arquivos de galerias e museus na Europa, Ásia, África e Estados Unidos. Na imagem,: "Joana D´Arc", do pintor inglês Dante Rossetti. Foto: Caters News
  • Chadwick e Spector vivem atualmente na Tailândia, onde realizam seus trabalhos. A imagem é da pintura "Mulher de Lanna", do Templo Wat Umong, na Tailândia. Foto: Caters News
  • Os artistas dizem preferir pinturas que tenham causado polêmica na época em que foram feitas. Na foto, o quadro "Judite com a cabeça de Holofernes", do alemão Lucas Cranach. Foto: Caters News
  • No projeto também estão presentes quadros de pintores mais conhecidos, como "A lamentação de Cristo" (na foto), do pintor italiano Sandro Botticelli Foto: Caters News
  • Outra predileção da dupla são os retratos de mulheres feitos no século 19. Na imagem, o quadro "Modelo com lenço branco", do pintor espanhol Raimundo de Madrazo. Foto: Caters News
  • Desde o início do projeto, Gray passou cerca de 800 horas imóvel para "receber" as reproduções. Na foto, "Safo reza para Afrodite", da Galeria Nacional de Atenas, na Grécia. Foto: Caters News
  • Os artistas dizem que a posição em que Gray é pintado deve ter alguma relação com a imagem. Na foto, o quadro "Mulher de Montenegro com criança", do pintor checo Jaroslav Cermak. Foto: Caters News
  • As fotografias do projeto estão em coleções por todo o mundo. Algumas delas podem ser baixadas na internet. Na imagem, o quadro "Garota com cachorro", da Galeria Nacional de Atenas. Foto: Caters News

Os artistas nova-iorquinos Chadwick Gray e Laura Spector recriam pinturas clássicas usando o corpo humano como tela no projeto "Anatomia de Museu".

Iniciado em 1995, o projeto reúne uma série de fotografias das reproduções, que são feitas por Spector no corpo de Gray.

O artista performático, de 38 anos, tem que permanecer imóvel por até 15 horas para cada quadro pintado nele. No total, Gray já passou mais de 800 horas como plataforma para a pintura.

A dupla selecionou trabalhos de artistas mais e menos conhecidos em museus na Inglaterra, nos Estados Unidos, na Itália, na Espanha, na África do Sul, no Japão, na República Tcheca e na Tailândia, onde vivem atualmente.

Em seu site oficial, eles dizem que vasculham os arquivos dos depósitos de cada museu e que preferem retratos de mulheres feitos no século 19 ou pinturas que foram guardadas ou escondidas do público por serem polêmicas para a época.

A área em que o corpo de Chadwick Gray é pintado também depende de coincidências com a obra. Em alguns casos, a pose do artista reproduz a imagem, em outros, a pintura se concentra em uma parte do corpo que tem destaque no quadro original.

Depois de reproduzidas no corpo de Gray, as pinturas são fotografadas por Laura Spector e impressas no tamanho do quadro original.

O trabalho de Chadwick e Spector está em coleções privadas por todo o mundo.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.