Centenas passam noite presos em carros pela neve na Escócia

Carros parados na estrada M8, que liga Glasgow a Edimburgo
Image caption Estrada que liga Glasgow a Edimburgo foi interrompida pela neve

Centenas de motoristas passaram a madrugada desta terça-feira presos em seus carros em estradas na Grã-Bretanha por causa de uma nova onda de frio e neve que provocou caos nos transportes do país.

A Escócia foi a região mais atingida, com carros presos pela neve alta na região central do país que registrou temperaturas de até - 12ºC.

A estrada M8, que liga as duas principais cidades escocesas, Glasgow e Edimburgo, foi praticamente interrompida pela forte nevasca. A estrada M80, que corta o centro do país, também foi interrompida.

Em uma escola escocesa, cerca de 150 alunos, pais e funcionários foram obrigados a passar a noite no local após serem impedidos de sair por conta das condições climáticas.

Frustração

Image caption A Escócia foi a região mais atingida pela neve na segunda-feira

Os motoristas presos foram orientados a permanecer em seus carros até a chegada de resgate ou a melhoria das condições. Mas muitos reclamaram e se disseram frustrados com a falta de informações.

“Realmente gostaria que alguém nos dissesse se o trânsito está andando ou não. Se não está, pelo menos poderíamos dormir um pouco”, afirmou um motorista à BBC.

“As pessoas se perguntam: ‘Deveríamos ficar no carro ou não? Deveríamos manter os motores ligados? E se ficarmos sem gasolina?”, questionou o motorista.

Outro reclamou de ter recebido a informação sobre a interrupção da estrada somente quando já estava nela.

Image caption Os aeroportos britânicos operam com atrasos e cancelamentos de voos

O ministro dos Transportes da Escócia, Stewart Stevenson, afirmou que a administração dos problemas provocados pela neve é a prioridade do governo local.

Stevenson responsabilizou supostas previsões do tempo erradas pelo problema.

Os aeroportos de Glasgow e de Edimburgo devem abrir nesta terça-feira, mas os passageiros foram advertidos sobre possíveis cancelamentos ou atrasos.

Outras regiões da Grã-Bretanha escaparam das nevascas registradas na Escócia, mas ainda assim enfrentam problemas com o gelo criado pelas temperaturas abaixo de 0ºC.

Os aeroportos de Belfast, na Irlanda do Norte, e London City, no centro da capital britânica, também advertiram sobre cancelamentos e atrasos de voos provocados pelo frio e pela névoa.

Notícias relacionadas