Porta de avião caiu e danificou asa em decolagem, diz relatório

Image caption A porta não havia sido travada antes da decolagem do avião

Relatório divulgado pela Agência de Investigação de Acidentes Aéreos (AAIB) confirmou que a porta de um avião de passageiros caiu e danificou uma das asas da aeronave durante a decolagem, no aeroporto de Southampton, no Reino Unido, em abril deste ano.

O acidente, com um DASH8, fabricado pela canadense Bombardier e operado pela empresa áerea de baixo custo, Flybe, não deixou feridos entre os 40 passageiros a bordo.

O relatório disse que a porta não havia sido corretamente fechada.

Ainda em abril, o comandante fez uma inspeção na aeronave e informou que as portas estavam firmes.

O informe da AAIB também dizia que a equipe de degelo que trabalhou no avião antes da decolagem não encontrou nenhum problema nas portas.

Portas destravadas

Um piloto que estava em uma aeronave estacionada na pista viu a porta do avião ser jogada para cima.

Ele avisou sobre o acidente ao Controle de Tráfego Aéreo (ATC) do aeroporto, que passou a informação para a tripulação do voo.

A Agência de Investigação disse que antes de serrem informados pelo controle, os tripulantes do avião não pareciam saber de nada fora do normal.

Ao receber a notícia de que a porta e outros destroços do avião tinham sido encontrados na pista de pouso, o comandante decidiu retornar a Southampton, onde o avião pousou sem maiores problemas.

A porta havia danificado a ponta da asa direita do avião, e foi encontrada ao lado da pista. Duas das suas travas estavam completamente abertas e sujas de terra. Segundo o relatório da AAIB, isso indica que as portas "já estavam abertas quando a porta caiu no chão".

A investigação reliminar concluiu que as portas não haviam sido corretamente fechadas durante a manutenção do avião na noite anterior ao voo.

Notícias relacionadas