Amorim confirma convite para que Patriota assuma Itamaraty

O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, disse nesta sexta-feira que ficou “muito satisfeito” com a indicação de Antônio Patriota como seu substituto no Itamaraty, confirmando, assim, o convite da presidente eleita, Dilma Rousseff.

Aos 56 anos, Patriota é formado em Filosofia pela Universidade de Genebra e há 32 anos integra o quadro do Itamaraty. Atualmente exerce o cargo de secretário-geral do ministério, principal cargo depois do chanceler.

Segundo Amorim, a presidente eleita teve a “delicadeza” de telefoná-lo para avisar do convite a Patriota. “Guardei para mim a notícia até ele ser convidado”, disse o ministro, após receber homenagem na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) por seu trabalho nos últimos anos.

O ministro também elogiou a política externa do governo Lula que, segundo ele, “agora é reconhecida nas ruas”.

Um dos poucos ministros que se mantiveram no cargo ao longo dos oito anos do governo Lula, Amorim – que é filiado ao PT – ainda não anunciou seu futuro político.

Questionado sobre o assunto na semana passada, o ministro falou de um convite para lecionar na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), mas que ainda não havia tomado nenhuma decisão.