Obras de Andy Warhol são roubadas de apartamento em NY

Superman de Andy Warhol/AP
Image caption Os objetos roubados foram valiados em US$ 750 mil

A polícia de Nova York revelou que ladrões invadiram um apartamento de Manhattan e levaram um conjunto de obras de arte e objetos de luxo avaliados em US$ 750 mil (cerca de R$ 1,3 milhão), incluindo quadros de Andy Warhol e Roy Lichtenstein, mestres da chamada Pop Art.

Para realizar o crime, os ladrões abriram um buraco na parede da propriedade do colecionador Robert Romanoff no bairro de Greenwich Village.

De acordo com o correspondente da BBC nos Estados Unidos Jonny Dymond, os ladrões levaram dez obras de Warhol, oito delas assinadas pelo artista.

Entre os quadros de Warhol levados está Superman.

Também foram roubadas duas obras de Lichtenstein chamadas Thinking Nude e Moonscape e um original em óleo do pintor britânico Carl Fudge, além de joias e relógios Cartier e Rolex.

Além dos quadros, os criminosos levaram a câmera do sistema interno de segurança, que poderia ter ajudado a identificá-los.

A polícia, que divulgou na quinta-feira imagens das obras roubadas e pediu ajuda para identificar os criminosos, acredita que o crime ocorreu durante a semana do dia de Ação de Graças, celebrado em 25 de novembro.

Os ladrões teriam aproveitado que o proprietário do apartamento viajou para realizar o furto.

Notícias relacionadas