Morte de arquiteta intriga polícia britânica

Joanna Yeates
Image caption Corpos de Joanna Yeates foi encontrado no dia do Natal

A morte de uma arquiteta de 25 anos está intrigando a polícia britânica, e uma pizza pode ser a pista fundamental para a solução do mistério.

O corpo de Joanna Yeates foi encontrado coberto de neve no dia 25 de dezembro em uma estrada rural, perto de um bosque, a cerca de cinco quilômetros de seu apartamento, em Bristol, no sudoeste da Inglaterra.

A jovem desapareceu no dia 17 de dezembro, após ser filmada pelas câmeras de circuito interno de TV de um supermercardo, comprando uma pizza.

Acredita-se que ela teria então voltado para o apartamento que divide com o namorado, Greg Reardon, de 27 anos, que estava visitando a família no norte do país.

Foi ele quem ligou para a polícia quando voltou para casa, dois dias depois, dizendo que Joanna estava desaparecida.

As chaves, a carteira e o casaco de Yeates estavam no apartamento, mas a polícia não conseguiu encontrar nenhum sinal da pizza.

Autópsia

A autópsia começou a ser realizada no domingo, mas a polícia alertou que o processo poderia ser demorado "devido às condições de extremo congelamento em que o corpo de Joanna foi encontrado".

Os policiais também fizeram um apelo pedindo informações que possam ajudá-los a entender o que aconteceu entre o desaparecimento da arquiteta e a descoberta de seu corpo por um casal que estava passando com seus cachorros no dia de Natal.

Segundo a investigação, Joanna Yeates esteve em um bar na noite em que desapareceu, mas saiu de local por volta das 20h. Imagens de circuito interno de TV mostram a arquiteta entrando em um supermercado Waitrose e depois em outro supermercado, Tesco, onde comprou a pizza.

Um recibo da compra foi encontrado em seu apartamento, mas os detetives não acharam nenhum sinal da pizza ou de sua embalagem. A polícia acredita que a localização do produto possa ajudar a resolver o caso.

Notícias relacionadas