Cultura

Comemorações do Ano Novo começam na Ásia e Oceania

Galeria de Imagens: Réveillon do mundo

  • Foto: Reuters
    Australianos celebram a chegada do Ano Novo na Ponte da Baía e na famosa ópera da cidade.
  • Foto: Reuters
    Fogos de artifício cobrem o céu acima do cassino Marina Bay Sands, durante comemoração em Cingapura.
  • Foto: Reuters
    Festa pelo 1º de janeiro de 2011 toma conta de Kuala Lumpur, maior cidade da Malásia.
  • Foto: Reuters
    Jovens participam de Réveillon na Times Square, em Hong Kong
  • Foto: Reuters
    Durante contagem regressiva no tempolo budista Zojo-ji, em Tóquio, japoneses lançam balões carregando pedidos para 2011.
  • Foto: AFP
    Na Coreia do Sul, show de luzes marca a festa de Ano Novo na capital Seul.
  • Foto: Reuters
    Garoto filipino observa fonte durante celebração em Manila
  • AP
    Centro de Bangkok, na Tailândia, é palco dos festejos do Réveillon no país.

Queima de fogos de artifício em Sydney, uma rara festa ao estilo ocidental no Vietnã, balões com sonhos para 2011 no céu de Tóquio - cidades da Ásia e da Oceania celebrara a chegada do Ano Novo nesta sexta-feira.

O primeiro país do mundo a comemorar o Ano Novo foi o arquipélago de Kiribati, na Oceania.

Logo em seguida foi a vez da Nova Zelândia. Milhares de pessoas foram às ruas em Auckland, maior cidade do país, para observar a grande queima de fogos em volta da Sky Tower, a torre de 328 metros de altura que ficou toda iluminada durante a festa.

Na cidade de Christchurch, que sofreu com um forte terremoto no início de setembro, as autoridades apenas aprovaram as comemorações depois de checagens e modificações em alguns prédios, incluindo a retirada da cruz que fica na catedral da cidade, para evitar que ela caia em cima das pessoas que comemoram nas ruas.

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

A capital do Vietnã comemorou o Ano Novo oficialmente pela primeira vez. Nos anos anteriores, as autoridades municipais preferiram celebrar o feriado que marca o ano novo lunar conhecido como Tet.

12 minutos de fogos

Na Austrália, cerca de 1,5 milhão de pessoas acompanharam a grande queima de fogos - anunciada como a maior e mais avançada queima de fogos de Ano Novo do mundo - na baía de Sydney. As pessoas começaram a chegar no local mais de 12 horas antes da festa e muitas delas ergueram barracas.

A queima de fogos durou cerca de 12 minutos, iluminando a ponte e a baía de Sydney.

Cerca de 400 mil pessoas são esperadas na queima de fogos da baía de Hong Kong e milhares de chineses vão enfrentar o frio em Pequim para uma festa em um shopping center.

Em Mianmar, o governo militar proibiu o uso de fogos de artifício e afirmou que infratores serão punidos com severidade.

No tempo de Zojoji, em Tóquio, os visitantes puderam acompanhar os monges cantando antes da contagem regressiva para 2011. Milhares de japoneses lançaram balões prateados, que carregavam suas expectativas para o novo ano.

Dragão

Em Taipé, capital de Taiwan, fogos de artifício formaram um dragão ao redor do maior arranha-céu da cidade. A festa, que custou US$ 2 milhões, também marco o 100º ano do calendário taiwanês.

Em Mumbai, na Índia, as autoridades também liberaram a realização da festa de Ano Novo, apesar de temores sobre um possível ataque de militantes.

Várias capitais europeias programaram grandes celebrações. Na Grécia, Espanha e Irlanda as festas devem ajudar a deixar para trás um ano de pesadelos econômicos.

Em Nova York, a expectativa é de que até um milhão de pessoas acompanhem a festa em Times Square.

Com o aumento das temperaturas na cidade, foi possível retirar a neve da região de Times Square, para facilitar as comemorações.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.