Ataque suicida mata autoridade de província afegã

Policiais perto do carro onde estava o vice-governador da província de Kandahar (AP) Direito de imagem BBC World Service
Image caption Suicida atingiu carro do vice-governador com uma moto

O vice-governador da província de Kandahar, no Afeganistão, foi morto em um ataque suicida neste sábado.

De acordo com autoridades afegãs, o suicida atacou o comboio onde Abdul Latif Ashna estava, quando o vice-governador era levado para o trabalho, na cidade de Kandahar.

O porta-voz do Ministério do Interior afegão Zemery Bashery, afirmou que o suicida estava em uma moto. Ele jogou a moto contra o carro onde estava Ashna e explodiu o dispositivo que levava.

Três funcionários que faziam a segurança do vice-governador ficaram feridos no ataque, segundo o porta-voz.

O embaixador americano no Afeganistão, Karl Eikenberry, que estava visitando Kandahar, afirmou que a morte do vice-governador não vai prejudicar os esforços para derrotar os militantes que agem no país.

"A perda de um grande vice-governador como ele é um retrocesso. O que vemos frequentemente (no país) são líderes afegãos emergindo e o povo se juntando a eles em um esforço para estabelecer a segurança nesta província", disse Eikenberry a jornalistas.

Forças afegãs e internacionais aumentaram sua presença em Kandahar recentemente para tentar conter os insurgentes do Talebã na província. A cidade de Kandahar é o lugar onde nasceu o líder do Talebã, mulá Omar.

Notícias relacionadas