Televisão do Nepal apresenta jornal à luz de lamparina

Apresentadora de TV Direito de imagem none
Image caption O jornal de meia hora de duração é apresentado à luz de uma lamparina

Um dos principais canais de televisão do Nepal decidiu apresentar seu noticiário das sete horas da noite à luz de uma lamparina para chamar atenção para o problema da falta de energia no país.

Desde o início de fevereiro, a Kantipur Television usa apenas um lampião à querosene para iluminar seu jornal de 30 minutos de duração.

Segundo a direção do canal, o objetivo é colocar pressão no governo para que o problema seja solucionado.

Atualmente, o Nepal passa cerca de 12 horas por dia sem energia elétrica.

"Queremos que o governo produza mais energia o mais rápido possível", disse o chefe de jornalismo do canal, Tirtha Koirala, à BBC.

"Até agora, tivemos uma resposta muito positiva do nosso público, mas não ouvimos nada do governo."

Apesar de ter um enorme potencial para a produção hidrelétrica, o Nepal produz menos da metade da energia que consome.

O conflito entre guerrilheiros maoístas e o governo, que durou dez anos e terminou em 2006, impediu maiores investimentos na produção de energia.

Além disso, o suprimento de energia do país foi seriamente afetado durante enchentes em 2008, que destruíram linhas de transmissão.

Direito de imagem none
Image caption Os alunos já se acostumaram a usar velas para estudar

O resultado é que as quedas de energia programadas se tornaram parte da vida diária no país.

O problema se torna ainda mais grave durante o inverno, quando a redução das chuvas e dos níveis dos rios impede que as hidrelétricas existentes funcionem com sua capacidade máxima.

A companhia estatal de eletricidade já alertou a população que o país deve esperar 14 horas sem energia por dia a partir das próximas semanas.

"Estamos sofrendo muito por causa dos cortes programados", diz Koirala.

"Cerca de 400 mil alunos estão atualmente estudando para provas nas escolas e não têm luz alguma à noite. Além disso, pequenos negócios que não tem dinheiro para um gerador ficam impossibilitados de operar."

Koirala diz que vai continuar iluminando o noticiário com uma lamparina até que o governo reaja.

Notícias relacionadas