Ataque contra peregrinos xiitas mata 27 no Iraque

Reuters Direito de imagem Reuters
Image caption Vítimas do ataque foram levadas para o necrotério do hospital municipal

Pelo menos 27 pessoas morreram em um ataque suicida dentro de um ônibus que carregava peregrinos xiitas, no centro do Iraque.

Os fiéis estavam voltando de Samarra (a 120 quilômetros ao norte de Bagdá), considerada um dos locais mais sagrados para os muçulmanos xiitas.

A polícia iraquiana afirmou que ainda não está claro se o suicida detonou os explosivos que carregava junto ao corpo ou se estava dentro de um carro bomba ao lado do ônibus.

Esse é o segundo ataque em três dias contra peregrinos xiitas a caminho de Samarra ou voltando das celebrações religiosas.

Na quinta-feira, ao menos oito pessoas foram mortas em um atentado em Dujail, contra peregrinos que também estavam indo para Samarra.

Peregrinos

A violência no Iraque caiu dramaticamente desde 2007, mas atentados a bomba ainda são comuns.

Segundo o correspondente da BBC em Bagdá, Jonathan Head, os ataques contra peregrinos xiitas são tão freqüentes que já deixaram centenas de mortos nos últimos meses.

Samarra abriga a famosa mesquita de Al-Askari, cujo atentado sofrido em 2006 que acabou inflamando a violência sectária no país e levando a guerra a um de seus períodos mais violentos.

Notícias relacionadas