Mercedes expõe carro de F1 'aos pedaços' na Grã-Bretanha

Exibição View Suspended 2 em Surrey (foto: Divulgação) Direito de imagem BBC World Service
Image caption Mais de 3 mil peças do carro de Fórmula 1 foram suspensas por cabos

Um carro de Fórmula 1 da equipe Mercedes-Benz foi desmontado em milhares de pedaços suspensos para uma exposição de arte nas instalações da escuderia em Surrey, na Grã-Bretanha.

A exposição, chamada View Suspended 2 (ou “Visão Suspensa 2”), mostra mais de 3,2 mil peças do carro da Mercedes suspensas do teto, o que dá a impressão de que a cena foi “congelada” logo após o veículo ter explodido.

O artista holandês Paul Veroude criou a obra usando cabos finos de metal, fabricados especialmente para a exposição, que foi aberta no começo de março.

O objetivo, segundo a Mercedes-Benz, é dar aos visitantes uma visão incomparável das peças e componentes de um carro de Fórmula 1.

"Ver um carro de corrida desta forma é algo muito especial, uma visão incomparável para o coração do esporte", disse o presidente-executivo da companhia, Nick Fry.

Cada uma das 3,2 mil peças expostas foram criadas especialmente para a equipe de Fórmula 1. O trabalho de design dos componentes consumiu mais de 90 mil horas de trabalho.

A fabricação das peças, por sua vez, precisou de outras 200 mil horas e utilizam materiais como fibra de carbono, titânio, alumínio e magnésio.

Um carro de Fórmula 1 pesa pouco mais do que 600 quilos e 85% de seu volume é feito de fibra de carbono, o que corresponde a apenas 30% da massa do carro.

Notícias relacionadas