Índia condena ator de Bollywood por estuprar doméstica

Shiney Ajhuja (Foto: AFP) Direito de imagem AFP
Image caption O ator Shiney Ajhuja é considerado um dos talentos de Bollywood

Em um caso de alta notoriedade, a Justiça indiana condenou à prisão uma estrela do cinema local por estuprar sua empregada doméstica.

Shiney Ajhuja, 38, um ator premiado de Bollywood – como é conhecida a gigantesca indústria cinematográfica indiana –, foi condenado a sete anos de prisão por um tribunal em Mumbai.

Organizações de direitos femininos disseram que a condenação mostra que pode haver punição para abusos cometidos contra mulheres na Índia.

Ao longo do processo, Ajhuja insistiu na sua tese de inocência. O advogado do ator afirmou que recorrerá da decisão.

A vítima, uma mulher de 20 anos de idade, retirou as acusações de estupro no ano passado. Ela disse que foi convencida por outra mulher a ir à polícia prestar queixa contra o ator.

Ainda assim, a Justiça condenou Ahuja se baseando em provas como relatórios médicos, rastros de sêmen e manchas de sangue nas roupas da empregada.

Ahuja é considerado um dos maiores talentos emergentes em Bollywood, um dos maiores centro de produção de filmes do mundo, como sede em Mumbai.

Ele trabalhou com diversos diretores consagrados e recebeu diversos prêmios de atuação desde o início de sua carreira, no aplaudido filme <i>Hazaaron Khwaishein Aisi</i>, de 2003.

Notícias relacionadas