Estados Unidos

Mortos em tempestades e tornados nos EUA já são pelo menos 35

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Tocar com outro programa

Pelo menos 35 pessoas já morreram no sul dos Estados Unidos em três dias de tempestades de primavera, com as autoridades esperando mais vítimas à medida que as equipes de emergência trabalhem nas localidades mais afetadas.

Alguns relatos na imprensa americana já falam em 44 mortos.

Na Carolina do Norte, as tempestades causaram quatro mortes no sábado. Foram registrados mais de 60 tornados.

Sete pessoas morreram em Arkansas e outras sete no Alabama, os Estados mais afetados.

Em Arkansas, um homem e a sua filha morreram quando uma árvore foi derrubada por um raio e caiu sobre a casa onde eles viviam.

Outro menino de seis anos de idade morreu ao ser derrubado de uma árvore pelos ventos.

O governador do Alabama declarou emergência em todo o estado.

Em Oklahoma, onde cinco escolas foram destruídas, duas irmãs anciãs morreram.

Casa destruída por tornado na Carolina do Norte (Foto: AP)

Casa destruída por tornado na Carolina do Norte

Uma pessoa morreu no Mississippi, que declarou estado de emergência em 14 condados.

No Texas, um bombeiro foi morto tentando apagar um incêndio florestal alimentado pelos fortes ventos.

Os ventos fortes, os mais violentos da temporada, também derrubaram árvores na Geórgia.

Os alertas de tornados se espalham por diversos estados no sul do país e agora incluem partes do leste, como a capital, Washington D.C., e os estados de Vírginia e Maryland.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.