Obama anuncia mudanças no comando da área de segurança

O diretor da CIA, Leon Panetta. Direito de imagem Getty
Image caption Leon Panetta foi indicado para ser secretário de Defesa dos EUA

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou nesta quinta-feira mudanças no comando da área de segurança, antecipadas pela imprensa americana no dia anterior.

As mudanças, que ainda devem ser submetidas à aprovação do Senado, incluem a saída do secretário de Defesa, Robert Gates, substituído por Leon Panetta, atual diretor da CIA (a agência de inteligência americana).

Gates ocupa o cargo de secretário de Defesa desde 2006, quando o presidente americano ainda era George W. Bush, antecessor de Obama.

Após deixar a pasta, no final de junho, Gates deverá se aposentar.

“Estou seguro de que Bob Gates será lembrado como um dos melhores secretários de Defesa da história americana, e eu sempre serei grato por seus serviços”, disse Obama, em um pronunciamento na Casa Branca ao lado dos indicados para os cargos.

“Da mesma forma, também estou seguro de que a agenda de reformas de Bob será levada adiante por outra grande servidor público do nosso tempo, Leon Panetta.”

Segundo Obama, Panetta preza as “lutas e sacrifícios” das tropas americanas e das famílias de militares, porque ele próprio serviu no Exército e seu filho lutou no Afeganistão.

CIA

Para substituir Panetta no comando da CIA, Obama indicou o general David Petraeus, que ocupa desde julho do ano passado o cargo de comandante da Força Internacional de Assistência e Segurança (Isaf, na sigla em inglês), responsável pelas operações de guerra no Afeganistão.

“Também estou muito satisfeito de que o trabalho de Leon na CIA seja levado adiante por um de nossos principais estrategistas e um dos melhores oficiais militares de nosso tempo, general David Petraeus”, disse o presidente.

Segundo Obama, o general irá deixar as Forças Armadas depois de quase 40 anos para se dedicar ao novo cargo, a partir de setembro.

“O conhecimento extraordinário de David sobre o Oriente Médio e o Afeganistão dão a ele condições únicas para liderar a agência em seus esforços para derrotar a Al-Qaeda”, disse Obama.

Outros cargos

Petraeus deverá ser substituído pelo tenente-general John Allen, que atualmente é o vice-comandante do Comando Central dos Estados Unidos, responsável pelas operações militares na Ásia Central e no Oriente Médio.

O diplomata Ryan Crocker, ex-embaixador americano no Iraque durante o governo de George W. Bush, foi indicado para o cargo de embaixador no Afeganistão.

“Esses são os líderes que eu escolhi para ajudar a nos guiar através dos dias difíceis pela frente”, afirmou o presidente.

As mudanças são as mais profundas na área de segurança desde que Obama assumiu o poder e foram anunciadas pouco antes do início da retirada das tropas americanas no Afeganistão, previsto para julho.

Obama pediu ao Senado que confirme os novos nomes o mais rápido possível.

Notícias relacionadas