Gato 'tira fotos' do cotidiano com câmera no pescoço

GALERIA DE FOTOS: O GATO FOTÓGRAFO

  • Foto: Caters
    O gato Cooper (foto), de 5 anos, tornou-se um fotógrafo conhecido graças a um experimento de seus donos. Com uma câmera fotográfica, ajustada para disparar a cada 2 minutos, Cooper registra tudo o que vê durante o dia. Foto: Caters
  • Foto: Caters
    Donos do animal, o casal Michael e Deirdre Cross diz que a ideia os ajudou a conhecer melhor o dia a dia e as necessidades do gato. Acima, o casal fotografado pela câmera de Cooper. Foto: Caters
  • Foto: Caters
    Segundo Michael Cross (foto), a ideia da camera era um "experimento geográfico" para que o casal pudesse se certificar de que o animal não estava invadindo as casas dos vizinhos ou atravessando ruas muito movimentadas durante o dia. Foto: Caters
  • Foto: Caters
    Os donos dizem ter ficado impressionado com a beleza das fotografias que Cooper `tira´ uma vez por semana, quando usa a câmera. Na imagem, um gato que Cooper encontrou no bairro. Foto: Caters
  • Foto: Caters
    O casal diz que, no início da experiência, descobriu que o gato passava muito tempo esperando que os donos o deixassem entrar em casa, por causa da quantidade de imagens feitas da porta (foto). Por causa disso, instalaram uma entrada especial para o animal. Foto: Caters
  • Foto: Caters
    Em suas aventuras nas ruas, Cooper frequentemente "fotografa" outros animais que encontra na vizinhança. Acima, um cachorro o observa preso dentro de casa. As fotografias são vendidas por até R$ 500 na internet. Foto: Caters
  • Foto: Caters
    A imagem acima, que mostra um gato avistado por Cooper embaixo de um carro, é a favorita do dono, Michael. As fotos de Cooper já foram tema de duas exposições nos Estados Unidos. Foto: Caters
  • Foto: Caters
    Por causa das fotografias, os donos de Cooper também descobriram alguns de seus esconderijos favoritos na casa (foto). O experimento com a câmera já dura um ano. Foto: Caters
  • Foto: Caters
    Michael Cross, que é cineasta, diz que uma das coisas mais interessantes do projeto é poder enxergar o mundo a 15 centímetros do chão, e descobrir o que os gatos vêem quando os humanos não estão por perto. Na imagem, um gato encontrado por Cooper. Foto: Caters
  • Foto: Caters
    O filho do casal, Cameron (foto), de 1 ano, também já foi capturado pela lente de Cooper, que tem mais de 12 mil fãs no Facebook. Foto: Caters

O gato Cooper, de 5 anos, tornou-se um "fotógrafo" conhecido graças a um experimento de seus donos. Com uma câmera automática, ajustada para disparar a cada 2 minutos, Cooper registra tudo o que vê durante o dia.

As imagens mostram outros animais que Cooper encontra nas ruas, seus esconderijos favoritos e os lugares explorados pelo gato na vizinhança de sua casa, em Seattle, nos Estados Unidos.

Michael e Deirdre Cross, os donos do animal, dizem que a ideia os ajudou a conhecer melhor o dia a dia e as necessidades do gato.

Segundo Michael, a ideia começou como um "experimento geográfico" para que o casal pudesse se certificar de que o animal não estava invadindo as casas dos vizinhos ou atravessando ruas muito movimentadas durante o dia.

No entanto, o casal diz ter ficado impressionado com a beleza das fotografias de Cooper.

Desde então, as fotos do animal já foram tema de duas exposições nos Estados Unidos, e são vendidas pela internet por até R$ 500.

Aprendizado

O casal diz que o experimento, que já dura um ano, fez com que eles entendessem melhor as necessidades de seu animal de estimação.

Observando as primeiras fotografias registradas pela câmera de Cooper, eles descobriram que o gato passava muito tempo esperando que os donos o deixassem entrar em casa, por causa da quantidade de imagens feitas da porta.

"Quando descobrimos isso, instalamos uma entrada especial para ele na porta dos fundos. Na semana seguinte, ele já estava mais contente, porque tinha a liberdade de sair e voltar quando quisesse", diz Michael.

"Ao mesmo tempo em que nos deixa vislumbrar o mundo dos gatos, a câmera também provou ser uma forma de comunicação válida."

As fotografias de Cooper também chegaram às redes sociais. O gato tem mais de 12 mil fãs no Facebook.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.