Estados Unidos

Menino de 10 anos mata a tiros pai neo-nazista

Um menino de dez anos do Estado americano da Califórnia foi acusado de assassinar a tiros o seu pai, que era membro de um grupo neo-nazista.

A criança, cujo nome não foi divulgado, foi acusada de ter atirado em seu pai com um pistola no final de semana.

Jeffrey R. Hall, de 32 anos, era um encanador e líder local do Movimento Nacional Socialista, uma organização que defende a supremacia branca.

Ele costumava realizar manifestações contra imigrantes ilegais e em frente a uma sinagoga local.

Motivação

As autoridades, que acreditam que os disparos feitos pela criança foram intencionais, se recusaram a dizer qual teria sido a motivação do suposto crime, mas disseram não crer que o incidente tenha conexão com a ligação do pai com o grupo neo-nazista.

Por conta das leis da Califórnia que protegem menores, autoridades não podem divulgar detalhes de crimes envolvendo jovens com menos de 18 anos de idade.

O menino, que foi detido, compareceu a uma tribunal de menores algemado, e não contestou a acusação.

Após a audiência, ele pediu uma visita com sua madrasta e avó. Os promotores descreveram o caso como "extremamente raro", devido à idade da criança.

Tópicos relacionados

    BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

    Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.