Europa

'Menino magnético' fica famoso na Croácia por atrair metais

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Tocar com outro programa

Um menino croata de apenas seis anos de idade parece ter a capacidade de atrair objetos metálicos, como se fosse um super-herói dos quadrinhos.

Ivan Stoiljkovic já virou atração na cidade de Koprivnica, na Croácia, onde mora. Itens como colheres, moedas e até panelas e halteres parecem grudar no tórax do menino.

Os familiares de Ivan dizem que o garoto precisa estar muito concentrado para que os seus poderes funcionem. Eles afirmam que o menino pode carregar até 25 kg de metal grudados no corpo.

"Uns meses atrás, a avó viu na TV um menino que estava fazendo coisas como essas. E então ele (Ivan) tirou a camiseta e perguntou se poderia fazer isso. Ela colocou coisas sobre ele e elas ficaram grudadas", diz a mãe do garoto, Snezana Stoiljkovic.

BBC

Itens como colheres, moedas e até panelas parecem grudar no menino

Além de seus supostos poderes magnéticos, Ivan também teria uma incrível capacidade de regeneração. A família do menino diz que seus ferimentos curam rapidamente, sem deixar cicatrizes.

Ivan teria ainda o poder de curar outras pessoas. Parentes afirmam que o garoto consegue aliviar as dores de estômago de seu avô usando apenas as mãos. Ele também teria acabado com a dor na perna de um vizinho que sofreu um acidente de trator.

Mesmo sendo uma celebridade local, Ivan brinca e se diverte como uma criança comum, aparentemente sem ligar para aquilo que parecem ser superpoderes.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.