Irã prende 30 e diz ter desmantelado rede de espionagem da CIA

O governo do Irã afirmou neste sábado ter prendido 30 pessoas que pertenceriam a uma rede de espionagem coordenada pela CIA, a agência de inteligência americana.

As autoridades iranianas afirmaram que a rede operava através das missões diplomáticas dos EUA em Malásia, Turquia e Emirados Árabes Unidos.

Segundo o governo, espiões iranianos foram recrutados para agir em institutos de pesquisa iranianos, universidades, programas nucleares e outros locais.

O Irã costuma anunciar a prisão de pessoas suspeitas de ligação com agências de inteligência estrangeiras.

"Devido ao enorme trabalho de inteligência e contra-inteligência de agentes iranianos, uma rede complexa de espionagem e sabotagem ligada à organização de espionagem americana foi descoberta e desmantelada", disse um comunicado do Ministério de Inteligência. "Agentes de elite do Ministério de Inteligência em contronto com elementos da CIA puderam prender 30 espiões ligados aos EUA".

Notícias relacionadas