Explosão mata 1 em refinaria do Irã durante visita de Ahmadinejad

Ahmadinejad visita a refinaria de Abadan (AFP) Direito de imagem BBC World Service
Image caption Ahmadinejad não ficou ferido em explosão em Abadan

Uma pessoa morreu e pelo menos 20 ficaram feridas em uma explosão em uma refinaria de petróleo em Abadan, sudoeste do Irã. A explosão ocorreu enquanto o presidente Mahmoud Ahmadinejad visitava o local.

Ahmadinejad não ficou ferido, e manteve os planos de discursar para marcar a inauguração da refinaria.

A agência de notícias Fars informou que um problema técnico causou a explosão, que foi seguida de incêndio. Outra agência de notícias, a Mehr, informou que a explosão foi causada por um vazamento de gás e alguns funcionários inalaram substâncias tóxicas.

Petróleo

A refinaria de Abadan está sendo lançada em duas fases e vai aumentar a capacidade de produção de petróleo do Irã em cerca de quatro milhões de litros por dia, a maior parte para consumo doméstico.

Correspondentes afirmam que a presença de Ahmadinejad na inauguração da refinaria mostra a importância que o Irã, um grande produtor de petróleo, dá à crescente capacidade de suas refinarias. O país enfrenta atualmente sanções que atingiram suas importações do produto.

Os acidentes são relativamente frequentes na infraestrutura de petróleo e gás, e a imprensa estatal afirma que acidentes parecidos já teriam ocorrido em Abadan semanas antes de sua inauguração.

No entanto, também foram relatados atos de sabotagem contra o principal gasoduto vindo do sul do país para a capital, Teerã. O fornecimento de gás não foi afetado.

Notícias relacionadas