Grã-Bretanha

Homem com paralisia cerebral completa Maratona de Londres após 51 dias

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Tocar com outro programa

O ex-dublê britânico Eddie Kidd, que sofreu paralisia cerebral em um acidente há quinze anos, completou na segunda-feira a Maratona de Londres, 51 dias depois do início da prova.

Eddie Kidd

Eddie Kidd foi recebido na chegada com festa e banho de champagne

Eddie Kidd começou a maratona com os demais competitores no dia 17 de abril.

Ao longo de mais de 40 dias, já que ele descansava aos domingos, Kidd percorreu diariamente cerca de 1,5 km do trajeto, com auxílio de um apoio especial para caminhar e uma equipe de amigos e familiares ao seu redor.

O ex-dublê caminhava oito horas diárias e dormia 12 horas por noite. A maratona de 42 km foi exaustiva, e Kidd precisou receber massagens nos pés para suportar as dores.

Na segunda-feira, ele ultrapassou a linha de chegada perto do Palácio de Buckingham, em Londres, e foi recebido com festa e um banho de champagne por amigos e admiradores.

Eddie Kidd, que foi dublê em alguns filmes da série 007, sofreu danos cerebrais ao pular com uma motocicleta sobre diversos carros em 1996.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.