FAB confirma chegada de nuvem vulcânica ao RS e voos são cancelados

A nuvem de cinzas do vulcão chileno Puyehue chegou nesta quinta-feira ao sul do Brasil, obrigando aeroportos do Rio Grande do Sul a fecharem, de acordo com um relatório divulgado pela Força Aérea Brasileira (FAB).

O primeiro aeroporto a ter suas operações suspensas foi o de Bagé, no sudoeste do estado. Durante a noite, a nuvem pode chegar a Porto Alegre caso as condições climáticas se mantenham.

Logo após a divulgação da nota da FAB, a companhia a aérea GOL anunciou que estava suspendendo temporariamente as operações nos aeroportos de Porto Alegre e Caxias do Sul, ambos no Rio Grande do Sul.

A TAM e a Azul também cancelaram seus voos para Porto Alegre.

Desde o fim de semana, dezenas de voos com destino a aeroportos na Argentina, Bolívia, no Uruguai, Chile, Paraguai e Peru foram cancelados por causa das cinzas do vulcão, que entrou em erupção no sábado.

Na terça-feira, a TAM já havia cancelado um voo nacional - entre São Paulo e Foz do Iguaçu, no Paraná –, alegando precaução.

As nuvens vulcânicas apresentam em seu componente material semelhante ao vidro e que, em contato com as turbinas de aviões, pode provocar danos graves. Além disso, há o risco da falta de visibilidade e de que os gases tóxicos afetem as tripulações e os passageiros.