Mãe admite que deixou bebê dormir em quarto com plantação de maconha

Planta de maconha (imagem de arquivo)/AP Direito de imagem BBC World Service
Image caption A polícia encontrou cinco plantas no quarto onde a menina dormia

A mãe de um menina de um ano e oito meses admitiu nesta terça-feira em um tribunal ter permitido que o quarto em que sua filha costumava dormir a maior parte das noites fosse usado para o cultivo de maconha.

O caso ocorreu na cidade de Cardiff, capital do País de Gales, no sudoeste da Grã-Bretanha. Os nomes da mãe e da criança não foram divulgados.

A acusação disse que a menina dormia juntamente com cinco plantas e equipamento hidropônico, para seu cultivo.

O promotor Mark Salter afirmou que entre os itens encontrados pela polícia no quarto estavam "um tambor (latão) de óleo contendo 15 litros de água e fertilizantes de plantas".

"Quando interrogada pela polícia, ela (a mãe) disse não ver problemas no fato de a criança dormir ao lado do tambor."

No entanto, Salter afirmou que "policiais na cena disseram que este é o tipo de coisa dentro do qual uma criança poderia cair".

A mãe alega que seu parceiro cultivava a maconha sem seu consentimento. Ele admitiu já havia admitido a acusação em outra audiência.

O juiz do caso, Bodfan Jenkins, disse que as acusações são graves e todas as opções de sentença permanecem abertas.

A mãe responde o processo em liberdade e deve ser sentenciada no mês que vem.

Notícias relacionadas