Naufrágio mata 197 migrantes africanos no mar Vermelho, diz agência

Mar Vermelho, onde embarcação teria naufragado (BBC)
Image caption Acidente teria ocorrido no mar Vermelho enquanto embarcação rumava à Arábia Saudita

O naufrágio de uma embarcação nesta terça-feira deixou ao menos 197 migrantes africanos mortos no mar Vermelho, entre o nordeste da África e o Oriente Médio, informou uma agência semioficial do Sudão.

O barco, que levava africanos à Arábia Saudita de forma irregular, naufragou na costa sudanesa depois de um incêndio. Apenas três pessoas foram salvas, segundo o Centro de Mídia Sudanês, e as buscas por sobreviventes prosseguem no local.

Não está claro qual foi o ponto de partida da embarcação.

A imprensa local diz que o barco levava migrantes de países vizinhos ao Sudão. Os quatro donos da embarcação, de nacionalidade iemenita, teriam sido detidos. Os relatos não puderam ser checados de maneira independente.

O correspondente da BBC em Cartum, James Copnal, diz que o mar Vermelho é uma conhecida rota de tráfico humano e de imigração ilegal usada por somalis e por outros cidadãos do nordeste africano, que tentam chegar a lugares como a Arábia Saudita e o Iêmen em busca de emprego e para fugir da miséria e dos confrontos em seus países de origem.

Assista na BBC Brasil: 'Chifre' da África tem a pior seca dos últimos 60 anos

Caso os números desta terça sejam confirmados, o acidente será um dos naufrágios mais mortais envolvendo imigrantes na costa sudanesa.

Notícias relacionadas