Desabamento de ponte deixa trabalhadores presos na China

Atualizado em  5 de julho, 2011 - 13:54 (Brasília) 16:54 GMT

Player

Equipes de resgate tentaram puxar trabalhadores por cabos; retroescavadeira ajudou na operação.

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Formatos alternativos

Os serviços de emergência da China resgataram dezenas de pessoas que ficaram presas em uma ponte que desabou devido a uma enchente, na província de Sichuan, sudoeste do país.

Com a enxurrada, causada por chuvas fortes, a ponte no condado de Yingxiu desabou, deixando diversos funcionários de uma usina próxima ao local presos, sem poder voltar para casa.

Primeiramente, as equipes tentaram tirar os trabalhadores da ponte puxando um a um por meio de um cabo estendido por cima do rio.

Os serviços de emergência da China fizeram um resgate dramático de dezenas de pessoas que ficaram presas em uma ponte que desabou por causa de uma enchente, na província de Sichuan.  Com a enxurrada, causada por chuvas fortes, a ponte no condado de Yingxiu desabou e funcionários de uma usina próxima do local ficaram presos, sem poder voltar para casa.  Primeiro as equipes de emergência tentaram tirar os trabalhadores da ponte puxando um a um por um cabo estendido em cima do rio, como mostram as imagens da televisão estatal CCTV.  Mas, alguns deles se recusaram a atravessar pelo cabo, temendo cair no rio.  Os próprios trabalhadores então conseguiram trazer da usina onde trabalham uma grande retroescavadeira para o resgate. Com um braço longo, a máquina conseguiu levar os trabalhadores para a outra margem do rio.

Dezenas de trabalhadores ficaram presos, sem poder voltar para casa

No entanto, alguns deles se recusaram a atravessar pelo cabo, temendo cair no rio.

Assim, os próprios trabalhadores conseguiram trazer da usina onde trabalham uma grande retroescavadeira para o resgate. Com um braço longo, a máquina conseguiu levar os trabalhadores para a outra margem do rio.

Os trabalhos foram mostrados em vídeo pela emissora estatal CCTV.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.