Atlantis parte para a última missão dos ônibus espaciais dos EUA

Atualizado em  8 de julho, 2011 - 12:51 (Brasília) 15:51 GMT

Atlantis parte para a última missão de um ônibus espacial

Nave americana encerra programa de 30 anos, hoje considerado caro demais.

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Formatos alternativos

O ônibus espacial Atlantis foi lançado nesta sexta-feira no Cabo Canaveral, na Flórida (sul dos Estados Unidos), para a missão que marca o fim do programa de 30 anos de ônibus espaciais da Nasa, a agência espacial americana.

O lançamento da Atlantis ocorreu às 11h30 pelo horário local (12h30 em Brasília), depois de muita expectativa devido ao mau tempo.

As condições permaneceram favoráveis ao lançamento por quase toda a manhã, mas, com a piora do tempo nas horas que antecederam a partida, houve temores de que ele fosse seria adiado.

Uma grande multidão se concentrou em Cabo Canaveral desde antes do amanhecer, para assistir ao lançamento.

Quatro astronautas fazem a histórica última viagem: o comandante Chris Ferguson, o piloto Doug Hurley e os especialistas Sandy Magnus e Rex Walheim.

O fim das missões com ônibus espaciais da Nasa foi anunciada pelo presidente americano, Barack Obama.

Ele disse que é hora de "olhar para a frente", se concentrando na exploração de Marte e no possível envio de uma missão tripulada ao Planeta Vermelho.

Foto: AP

Missão da nave marca o fim do programa de 30 anos de ônibus espaciais da Nasa

O atual programa espacial passou a ser considerado dispendioso e pouco prático pelas autoridades americanas, tendo custado um total de US$ 196 bilhões ao longo de três décadas.

Os ônibus espaciais devem ser substituídos nos próximos anos por uma nova família de espaçonaves.

A partir de agora, os astronautas americanas dependerão da "carona" dos antigos rivais russos, que os transportarão para a Estação Espacial Internacional a bordo de foguetes Soyuz.

Clique Mais na BBC Brasil: veja galeria de fotos dos 30 anos dos ônibus espaciais americanos

Peça de museu

Quando o Atlantis retornar de sua jornada final, o ônibus espacial se tornará uma peça de museu, no Centro Espacial Kennedy, na Flórida, e os ônibus espaciais anteriores, Enterprise, Discovery e Endeavour serão enviados para outros museus nos Estados Unidos.

O primeiro ônibus espacial, o Columbia, foi lançado em 12 de abril de 1981.

Entre os mais destacados feitos da missão de ônibus espaciais estão ter colocado o telescópio Hubble em órbita, em 1990, e o envio ao espaço, em 1998, do mais idoso astronauta, John Glenn, que participou da missão com 77 anos. Ele já havia sido o primeiro americano em órbita.

O programa também foi marcado por tragédias. A primeira foi a explosão da Challenger, o segundo ônibus espacial construído, em 1986, matando todos os sete tripulantes da nave, entre elas a professora Sharon McAuliffe, a primeira civil a integrar uma missão espacial.

O segundo desastre ocorreu em fevereiro de 2003, quando a Columbia se desintegrou durante sua reentrada na Terra, sobre o Estado do Texas, matando todos os sete tripulantes.

Leia mais sobre esse assunto

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.