General americano adverte para 'dias difíceis' no Afeganistão

Image caption A cerimônia de transição de comando em Cabul

O general dos EUA que assumiu o comando das forças internacionais no Afeganistão alertou sobre "dias difíceis à frente" da campanha militar no país.

Dirigindo-se a tropas na cerimônia de transferência de cargo em Cabul, o general John Allen disse que "não tinha ilusões sobre os desafios que encontraremos juntos".

Grupos de insurgentes, entre eles o Talebã, aumentaram a frequência de ataques a tropas e autoridades afegãs. Um dos irmãos do presidente afegão, Hamid Karzai, foi morto semana passada em um ataque do Talebã.

Na segunda-feira, três soldados afegãos morreram na explosão de uma bomba no leste do país. Sete policiais afegãos teriam morrido em outro ataque, no distrito de Lashkar Gah.

O general Allen assumiu o comando das mãos do general David Petraeus, que está voltando para os EUA, para dirigir a CIA (agência de inteligência americana).

A mudança de comando ocorre em um momento em que as forças controladas pela Otan no Afeganistão começam a passar o controle de algumas áreas do país a forças afegãs.

"É minha intenção manter a importância desta campanha, desta grande campanha na qual embarcamos", disse Allen. "Continuarem a apoiar, de toda forma possível, o treinamento, a preparação e a mobilização das forças nacionais afegãs", afirmou.

"Haverá dias duros à frente e não tenho ilusão sobre os desafios que enfrentaremos, desafios que enfrentaremos juntos. Mas tenho certeza de que os bravos homens e mulheres de 49 nações irão, ombro a ombro com nossos parceiros afegãos, continuar este grande trabalho".

Notícias relacionadas