Khadafi diz em discurso que líbios nunca se renderão à Otan

Destruição no complexo onde fica a televisão estatal da Líbia, em Trípoli (Reuters) Direito de imagem BBC World Service
Image caption Destruição no complexo onde fica a televisão estatal da Líbia, em Trípoli

O líder líbio, Muamar Khadafi, fez um discurso desafiador neste sábado transmitido pela televisão estatal do país e afirmou que o povo líbio nunca vai se render às forças da Otan.

Khadafi falou para uma multidão em Janzur, perto de Trípoli e afirmou que os líbios estão determinados em derrotar a Otan.

"A determinação do povo líbio é mais forte do que a determinação da Otan", disse Khadafi. "Somos o partido de Deus e eles (Otan) são o partido de Satã."

"Eles serão derrotados frente à firmeza do povo líbio e frente à coragem do povo líbio", afirmou.

"Nós vivemos com orgulho em nossa terra! Não viveremos na vergonha! Nunca vamos nos render!", disse Khadafi.

O discurso do líder líbio ocorreu depois de a Otan ter afirmado que desativou três antenas de satélite da TV estatal da Líbia na capital, Trípoli, em um "ataque aéreo de precisão".

Segundo um comunicado do órgão, a operação planejava pôr fim às "transmissões provocadoras" do governo do coronel Muamar Khadafi. Não há relatos de pessoas feridas durante o ataque.

As transmissões da TV estatal líbia continuaram acontecendo mesmo após o comunicado da Otan.

A Otan atua na Líbia com autorização de uma resolução da ONU e sob a justificativa de proteger os civis dos ataques promovidos pelas forças de Khadafi.

Notícias relacionadas