Australianos protestam contra taxa do carbono

Atualizado em  16 de agosto, 2011 - 20:57 (Brasília) 23:57 GMT

Player

Medida é o carro-chefe da política ambiental do governo trabalhista.

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Formatos alternativos

Manifestantes dizem que medida pode provocar demissões em massa

Manifestantes australianos fizeram um protesto em Canberra contra a proposta do governo de taxar as empresas emissoras de dióxido de carbono.

A medida é o carro-chefe da política ambiental do governo trabalhista, que pode afetar até 500 das indústrias mais poluidoras do país, que terão de pagar pela tonelada de carbono emitida

Os críticos dizem que se for aprovada a lei pode implicar em milhares de demissões e acabar com a economia do país, que é muito dependente do carvão.

A oposição esta abraçando a causa dos manifestantes, fazendo duras críticas às taxas de carbono e até pedindo novas eleições.

O governo afirma porém que essa é a melhor maneira de lidar com o aquecimento global. Isso porque a Austrália um dos maiores emissores de carbono entre os países desenvolvidos.

A manifestação desta terça-feira foi apenas um aquecimento de um protesto organizado para semana que vem.

Manifestantes contrários a lei prometeram levar dezenas de caminhões para a cidade, bloqueando diversas avenidas próximas ao parlamento.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.