Turquia diz que levará Israel ao Tribunal Internacional de Justiça

A Turquia disse estar se preparando para desafiar o bloqueio de Israel à Faixa de Gaza no Tribunal Internacional de Justiça.

É o sinal mais recente de tensão entre os dois países desde o ataque de Israel à frota marítima de de ajuda que se dirigia ao território palestino, quando nove turcos foram feridos.

Em pronunciamento na televisão estatal turca, o ministro das Relações Exteriores, Ahmed Davutoglu, disse que a Turquia não aceita as conclusões do relatório da ONU sobre o ataque, que dizem que o bloqueio marítimo israelense a Gaza é uma medida de segurança legítima.

A afirmação do ministro acontece um dia depois de o governo turco expulsar o embaixador de Israel e anunciar que suspenderia acordos militares com o país.

O relatório da ONU, divulgado na última sexta-feira, também afirmou que os soldados israelenses usaram força excessiva durante o ataque à frota.