Empresa tenta resgatar navio britânico afundado na 2ª Guerra

Atualizado em  26 de setembro, 2011 - 19:18 (Brasília) 22:18 GMT

Player

Embarcação foi localizada por empresa americana a mais de 4 mil metros de profundidade, e tem carga de 200 toneladas de prata.

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Formatos alternativos

SS Gairsoppa (BBC)

Embarcação foi localizada por empresa americana a mais de 4 mil metros de profundidade

Um tesouro estimado em R$ 430 milhões está prestes a vir à superfície, a 480 quilômetros da costa da Irlanda.

Trata-se do navio SS Gairsoppa, afundado pelos alemães em 1941, durante a 2ª Guerra Mundial.

A embarcação foi localizada pela empresa americana Odyssey Marine, a mais de 4 mil metros de profundidade.

O navio foi mais uma das embarcações britânicas atacadas pelos alemães no Atlântico Norte durante a guerra.

A valiosa diferença, no entanto, é sua carga: 200 toneladas de prata.

Andrew Craigg, da Odissey Marine, diz estar entusiasmado com a descoberta, embora nunca tenha se feito um resgate a esta profundidade.

A empresa americana ganhou do governo britânico o direito de ficar com 80% da carga após resgatar o navio.

Apenas um dos ocupantes do SS Gairsoppa sobreviveu ao ataque. Os outros 32 tripulantes morreram durante o naufrágio, ou quando tentavam alcançar a costa em botes infláveis.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.