Fazendeiro pede que Rihanna se cubra durante gravação de vídeo

Atualizado em  27 de setembro, 2011 - 12:44 (Brasília) 15:44 GMT
Rihanna durante gravação de vídeo em fazenda da Irlanda do Norte (BBC)

'Achei que não era apropriado' disse o fazendeiro sobre clipe de Rihanna

Um fazendeiro da Irlanda do Norte que permitiu a gravação de um vídeo da cantora Rihanna em suas terras pediu para a cantora se cobrir depois de vê-la tirando parte da roupa para o videoclipe.

Alan Graham, fazendeiro de 61 anos da região de Bangor, afirmou que estava indo pegar seu trator quando viu a cantora durante a gravação.

"Achei que não era apropriado. Pedi que eles parassem e eles pararam", explicou o fazendeiro à repórter Nuala McCann, da BBC.

"Conversei com Rihanna e espero que ela entenda meu ponto de vista. Apertamos as mãos."

Graham admitiu que não conhecia a cantora barbadiana de 23 anos, que fez shows recentemente em cidades do Brasil, incluindo no festival Rock in Rio.

Na semana passada o fazendeiro recebeu um telefonema com o pedido da produção da cantora para usar uma área de sua propriedade em Bangor para a gravação de um novo vídeo.

"Não sabia quem estava vindo. Se o nome 'Rihanna' tivesse sido mencionado, bem, sem querer desrespeitar, mas não teria significado nada para mim", explicou Graham.

Trânsito parado

A gravação ocorreu na fazenda na segunda-feira e o trânsito praticamente parou nas proximidades enquanto os motoristas tentavam ver a cantora.

Muitos estudantes das escolas locais também pararam nas imediações, fazendo imagens com as câmeras de seus celulares.

Alan Graham afirmou que, apesar de toda a agitação em torno da cantora, ele não ficou feliz com o que viu.

"Do meu ponto de vista, era a minha terra (que estava sendo usada), eu tenho crenças e senti que não era apropriado."

"Não desejo mal a Rihanna e os amigos dela. Talvez eles poderiam conhecer um Deus maior", acrescentou.

Leia mais sobre esse assunto

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.