Líbia dá informações desencontradas sobre captura de filho de Khadafi

Mutassim Khadafi. Getty Direito de imagem Getty Images
Image caption Mutassim era conselheiro de segurança do antigo regime de Khadafi; ele teria sido preso em Sirte

As autoridades do Conselho Nacional de Transição da Líbia têm dado informações desencontradas sobre a suposta captura de Mutassim Khadafi, filho do líder deposto Muamar Khadafi. Mais cedo, membros do CNT anunciaram a prisão, mas até agora a cúpula do conselho não confirmou a informação.

Membros do CNT, como Guma El-Gamaty, representante do conselho em Londres, informaram às agências de notícias que Mutassim havia sido preso em Sirte, cidade natal de seu pai, que o CNT diz agora ter dominado.

A informação não foi, até o momento, confirmada pelo CNT em Benghazi, o principal reduto das forças oposicionistas.

O filho de Khadafi teria sido preso quando tentava fugir. Ele estaria sendo levado a Benghazi, onde deve ser mantido preso.

O correspondente da BBC em Trípoli relata que houve comemorações na capital líbia, com disparos de tiros para o alto, após a notícia da suposta prisão se espalhar pela cidade.

Não é a primeira vez que fontes do CNT dizem ter capturado filhos de Khadafi. Em ocasiões anteriores, tais informações acabaram sendo desmentidas.

Caso seja confirmada, a captura de Mutassim será um dos maiores trunfos do CNT nas últimas semanas, desde a tomada de Trípoli, segundo Caroline Hawley, repórter da BBC em Trípoli.

Muamar Khadafi

A expectativa é que Mutassim possa fornecer informações sobre o paradeiro de seu pai, Khadafi. Embora não seja visto em público há várias semanas, ele continua a veicular mensagens em áudio convocando os líbios à resistência.

Mutassim era conselheiro de segurança nacional do antigo regime líbio. Outros dois filhos de Khadafi, Saif al Islam e Khamis, também têm o paradeiro desconhecido.

O CNT acredita que Khadafi esteja escondido no deserto, no sul do país, próximo à fronteira com o Níger.

Vitória próxima

Nesta quarta-feira, o chefe do CNT, Mustafa Abdul Jalil, disse estar otimista e afirmou que muito em breve a vitória será declarada.

"Espero que a liberação seja declarada em menos de uma semana, assim que libertemos Sirte", disse.

"Em menos de um mês nós formaremos um governo de transição no qual a juventude e as mulheres terão seu papel", afirmou Jalil.

Notícias relacionadas